• Login
  • EnglishPortuguêsEspañol

Estratégias de marketing para a sua clínica

A introdução do marketing na área da saúde mais concretamente nas clínicas dentárias evoluiu exponencialmente nos últimos anos. Esta evolução traduz uma maior aproximação entre o dentista e o paciente.

De seguida apresentamos as melhores práticas nesta área.

Benefícios do marketing na sua clínica

A introdução do marketing nesta área deve-se em grande parte ao mercado saturado, por isso exige-se a necessidade de introduzir diferenciação da concorrência para se diferenciar e conquistar o paciente. É neste contexto que deve elaborar estratégias baseadas em dados concretos para atingir cada vez mais pacientes para a sua clínica.

Ser referência no mercado da medicina dentária, exige um plano de marketing para que consiga divulgar o seu nome e alcançar maior notoriedade dentro do seu meio profissional. Alcançado o reconhecimento tem maior probabilidade de ser reconhecido e divulgado por colegas, progredindo no sector. Existem diversos médicos dentistas que investem em ferramentas como as redes sociais para alcançarem notoriedade.

O paciente que é por norma o objectivo primordial, também beneficia pois irá obter mais informação acerca do profissional como poderá acompanhar a evolução do dentista bem como poderá contactar mais facilmente com o médico dentista, esclarecendo as suas dúvidas.

Estratégias de Marketing

1. Marketing de conteúdo
Este tipo de marketing baseia-se na elaboração de artigos, e-books, vídeos, etc… para publicação em redes sociais e blogs para informar e alcançar clientes. Desta forma consegue criar uma percepção do interesse na sua clínica e serviços que oferece aos seus clientes.
Vantagens deste tipo de estratégia: educar o paciente, aparecer nas primeiras páginas do Google, tornar-se referência, fidelizar os seus pacientes e diferenciar-se do mercado.

2. Público alvo
Qualquer tipo de negócio necessita de publicidade e consequentemente necessita de focar-se no público-alvo. Aqui não é diferente, por isso tenha sempre em mente o seu público.
Antes de iniciar a elaboração de conteúdo, foque-se no que o seu paciente pede para visitar o seu consultório. Atrai-a os seus pacientes com conteúdo que ache relevante e tem uma maior probabilidade de êxito.

3. Eventos
A participação em eventos são uma boa razão para expandir e divulgar o seu nome ou marca e alcançar ainda mais pacientes.
Participar em congressos, simpósios ou eventos científicos são vistos por colegas e pacientes, como profissionais de excelência, que se atualizam constantemente, por consequência, terá maior visibilidade e com isso está mais perto de alcançar ainda mais pacientes.

Que ferramentas utilizar para fazer marketing na sua clínica?
Com a evolução da era digital, ficou para trás algum do tipo de marketing que se fazia anteriormente com revistas, outdoors e cartões. Atualmente são utilizados canais sociais para veicular os materiais publicitários.
As redes sociais são nos dias de hoje o canal mais utilizado nas estratégias de marketing. Portanto é fundamental que tenha contas nas principais plataformas como Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

Outro meio que gera indexação nomeadamente no Google são os Blogs. Este é outro meio de canalizar informação, dado que aqui pode detalhar ainda mais a sua publicidade que pretende divulgar aos seus pacientes. Lembre-se que o seu paciente quanto pretende tirar alguma dúvida por norma utilizam o Google, é com o seu blog que poderá ter o seu primeiro contacto.

Outra forma de publicitar são através de anúncios digitais pagos. Aqui poderá por optar por plataformas de maior alcance como Google ou Facebook. Este são lugares ideias para o contacto direto com o paciente, onde poderá segmentar os seus anúncios por idade, região, sexo ou interesses.

Assim, chegou o momento de colocar em prática nas redes sociais a sua clínica dentária ou marca. Esperamos que este artigo tenha sido útil para si…

Shopping cart

É um profissional da área?
O acesso ao conteúdo do site bionexum.pt pressupõe o conhecimento da legislação em vigor relativa aos dispositivos médicos publicada nos Artigos 45º e 46º do Decreto-Lei 145/2009.